Lei que garante à gestante o direito de optar por cesariana é sancionada em São Carlos

O município de São Carlos agora também conta com a lei (inspirada na Lei 17.137/19, de autoria da Deputada Janaina Paschoal) que garante à gestante o direito de escolher o tipo de parto.

Confira a matéria veiculada pelo site A Cidade On:

Prefeito sanciona lei que garante à gestante optar por cesariana

“Tenho certeza absoluta que estamos salvando vidas das mães e de seus bebês, disse o vereador Julio Cesar (PL), autor da proposta

A lei número 19.546 de 18 de dezembro de 2019, de autoria do vereador Julio Cesar (PL), que garante à parturiente a possibilidade de optar pela cesariana a partir de 39 semanas de gestação, bem como pela analgesia, mesmo quando escolhido o parto normal, foi sancionada e promulgada pelo prefeito municipal.

Julio Cesar argumentou que esta não é uma vitória sua ou de seu mandato, mas sim de toda futura mãe, que terá voz para dialogar com o profissional da área de saúde sobre como será realizado seu trabalho de parto.

“Vencemos. Nosso intuito é dar uma opção para todas as nossas gestantes que, em muitos casos, sofrem à espera de um parto normal, que acaba em muitos casos não vindo. Tenho certeza absoluta que estamos salvando vidas das mães e de seus bebês”, disse o vereador.

Ele fez questão de frisar novamente que isto não retira o poder dos saberes médicos e sim valoriza o sentimento das gestantes. “Os médicos são de suma importância neste processo. E um dos intuitos desta lei é fortalecer esta relação com os argumentos das gestantes. Espero que a lei seja regulamentada o mais rápido possível”, finalizou Julio Cesar.

Fonte: A Cidade On

Deixe um comentário

5 × 3 =